E3 2016 – Conferência Microsoft

Avatar

A Microsoft é o tipo de empresa que não costuma fazer feio em suas conferências. E a sua apresentação hoje (13), durante a E3 foi mais uma vez, uma prova de que a capacidade de competitividade com a Sony é gigantesca.
A conferencia se iniciou com Phil Spencer, e seu inflado carisma, mostrando ao mundo a nova versão do Xbox One, chamado Xbox One S, um modelo que apresenta já o devido suporte para os lançamentos em Ultra HD / 4K, ocupa 40% a menos de espaço, já vem com um HD com 2TB de espaço interno e com sua fonte interna.

A nova versão do console, chegará em agosto às lojas, pelo valor de US$299 – um preço bastante competitivo.

Após a apresentação do novo modelo do console, começaram as apresentações dos games e projetos que virão ainda este ano, e no próximo ano ao mercado.

Gears of War 4 iniciou as apresentações, mostrando ao vivo, uma gameplay em modo co-op. O jogo mostrou gráficos belíssimos, e uma jogabilidade bastante fluída. Além de novas mecânicas de execuções, ainda contamos ao término do trailer, com a aparição de Marcus Phoenix – protagonista dos três primeiros games da franquia.

Gears of War 4 chega ao mercado em 11 de outubro de 2016, para Xbox One e Windows 10.

Além disso, a Microsoft aproveitou o momento para anunciar seu mais novo serviço de crossplay, chamado Xbox Play Anywhere, onde com uma cópia do jogo, você será capaz de intercalar entre o PC, e o console, fazendo com que você não necessariamente esteja sempre munido do seu console para aproveitar o jogo.
Todos os jogos que aceitarão essa interatividade, terão uma identificação na hora da compra.

Quem também deu as caras durante a conferência, foi Killer Instinct, que dessa vez, traz como novo personagem, o chefe mais apelão da série Gears of War, o General Raam. Não foram mostrados detalhes sobre combos e movimentos do personagem, mas o personagem já está disponível para download.

Forza Horizon 3 também teve seu anúncio confirmado, e até mesmo uma gameplay no palco foi demonstrada, focando em mostrar ao público as várias modalidades que o game dá ao jogador, que pode optar por jogá-lo tanto no Xbox One convencionalmente, além de utilizar acessórios como volantes, ou até optar por jogá-lo no PC.

Tudo isso, para demonstrar ao término que todos os jogos se conectam no mesmo cenário, tornando muito mais ampla a experiência de gameplay, onde todos começam em locais distintos, mas à medida que o jogo avança, há uma espécie de “afunilmento” que conduz os jogadores ao mesmo lugar – uma idéia interessante.

Forza Horizon 3 chega em 27 de setembro ao mercado.

Um dos games que já havia dado as caras na E3 de 2015, e que muitos aguardavam por informações – e por que não, um gameplay – era ReCore.
Desta vez, a companhia trouxe não só um excelente gameplay, mas uma forma interativa de apresentação dos personagens do game, e suas principais características e habilidades.

ReCore será lançado dia 13 de Setembro deste ano.

Por um breve momento, a conferência mostrou o que as Thridy Parties têm a oferecer ao seu console. A primeira companhia a mostrar o que teremos de jogos de outras companhias, foi a Square Enix, com um gameplay fantástico do aguardado Final Fantasy XV.

O que chamou a atenção durante essa demonstração, é que a empresa fez questão de mostrar tudo ali, no palco.

O gameplay mostrava uma luta contra um dos chefes do game, além de focar no co-op das batalhas, onde a montagem de estratégias pode ser o ponto crucial para sua vitória.

O jogo tem data de lançamento marcada para 30 de outubro.

A Ubisoft também marcou presença durante a conferência, com um breve trailer da nova expansão de The Division, chamada “Underground”. Mais detalhes, possivelmente serão revelados durante a conferência da própria Ubisoft.

E marcando novamente presença, Battlefield 1 retorna com o mesmo trailer que pôde ser conferido durante a conferência da EA. O game estará disponível através do EA Access primeiramente no Xbox One.

Como também é de costume, a Microsoft sempre gosta de estar ampliando e melhorando seus serviços online e aqui não foi diferente.
A Xbox Live agora ganha novos recursos, dentre eles o Background Music – onde você pode gravar gameplays e já inserir uma música-tema de fundo ao seu gosto.
E a assistente Cortana agora também estará disponível no serviço.
Além disso, a companhia divulgou a criação do Clubs Xbox Live, que cria uma espécie de comunidade individual para cada tipo de game de sua preferência, tornando a experiência de encontrar parceiros para uma jogatina casual muito mais direta.

E também foi anunciada a Arena Xbox Live, uma nova plataforma de competições e torneios, que visa o suporte com diversas empresas ligadas aos E-Sports – A EA será a primeira companhia a aderir ao programa.

Para os fãs de Minecraft, conteúdo para o game foi o que não faltou. Isso por que foi anunciado que o game agora contará com um crossplay entre smartphones (iOS, Android e Windows Mobile), além do próprio Windows e Xbox One.

Além disso, o game ganhou um novo suporte a Realidade Virtual, como você pode conferir abaixo:

Outro ponto técnico da conferência, foi quando a Microsoft divulgou um novo programa de personalização de controles, chamado Xbox Desing Lab, onde nele, poderemos personalizar por completo o controle que acompanhará a nova versão do Xbox One S.

E como não poderia faltar, a Microsoft sempre abriu um grande espaço em seus eventos para mostrar projetos de empresas Indies, prezando pela criatividade e o apoio aos desenvolvedores menores.
Nesse momento, foi revelado o trailer de Inside, um jogo bastante curioso, desenvolvido pela mesma equipe do sucesso Limbo.

E falando em Limbo, a companhia também revelou que o jogo estará disponível para download gratuitamente para os usuários da Xbox Live.

Aqui, a empresa resolveu passar um trailer, compilando vários projetos Indies. Nele, podemos ver games como Cuphead, Deliver Us to the Moon, Outlast II, dentre outros.

Talvez um dos projetos mais destacados dentre os Indies, foi We Happy Few – um jogo que mescla uma narrativa bastante interessante, com uma pegada de terror psicológico, e personagens bizarros.
Uma gameplay foi demonstrada durante o evento, e o projeto parece bastante promissor.

Eis então que a Microsoft começou a mostrar um pouco mais da sua artilharia para os próximos meses.
A empresa convidou ao palco, um dos representantes da CD Projekt Red, para anunciar o card game baseado em Gwent – Gwent, foi um dos mini-games inseridos dentro de The Witcher III – Wild Hunt, e que acabou fazendo um imenso sucesso, fazendo com que jogadores investissem horas e mais horas de seu gameplay.

O jogo, além de apresentar novas mecânicas de gameplay, trará uma campanha, além de um modo multiplayer, para que você possa jogar com seus amigos, tudo aquilo que só pôde jogar sozinho durante sua campanha no mundo de Geralt de Rívia.

O jogo não possui data de lançamento confirmada.

Logo após, tivemos um trailer cinemático, que mostrou uma luta entre Heihachi Mishima e Akuma, de Street Fighter, para o anúncio de Tekken 7.
Um pequeno trecho de gameplay também foi mostrado, dando foco principalmente nos gráficos, e revelando um pouco das mecânicas novas do jogo.

Os assinantes da Live Gold também ganharam um presente durante a apresentação de Tekken 7. Tekken Tag 2 estará disponível aos assinantes do serviço, totalmente gratuito.

Depois, tivemos o trailer em clima natalino de Dead Rising 4, mostrando novidades como armas, customização de veículos, além de melhorias gráficas e de performance.
Dead Rising 4 chegará no Natal deste ano, exclusivamente para o console da Microsoft.

E após muito mistério se iria figurar na conferência ou não, finalmente o gameplay de Scalebound foi revelado. E para delírio dos que aguardam o game, o gameplay não foi apenas uma demonstração de tudo o que o jogo tem a oferecer em termos de mecânicas de jogo, mas uma batalhar inteira contra um dos chefes – Segundo a Platinum Games, “o maior que eles haviam desenvolvido para um jogo até então” – foi demonstrada ali no palco, fazendo uso do modo cooperativo com mais três jogadores.

Scalebound não possui data definida, mas chegará em 2017 ao mercado.

Já concluindo a sua apresentação, a Microsoft anuncia Sea of Thieves, um jogo com visual bastante simplista, desenvolvido pela RARE, que visa mostrar o dia-a-dia dos piratas. Portanto, você terá que trabalhar duro, ajudar na manutenção do navio (além de customizá-lo), além de explorar o mundo ao seu redor, e travar batalhas navais com saques de ouro, e muitos tiros de canhão.

Também foi anunciado o novo State of Decay 2 – jogo que simula a sobrevivência em um mundo apocalíptico tomado por zumbis.

E também, tivemos o anúncio de Halo Wars 2 – que não teve nenhum gameplay revelado, apenas um trailer em CGI.
Porém, detalhes sobre o game foram divulgados, dentre eles, uma nova facção, e a disponibilidade do Beta Multiplayer, que irá rolar de 13 a 20 de junho, apenas no Xbox One.

O game chegará ao mercado em 21 de Fevereiro de 2017, para Xbox One e PCs.

E, para terminar de vez a apresentação, a Microsoft revelou oficialmente seu mais novo projeto de console, chamado ate então de Project Scorpio.

O novo console, que tem previsão de chegar ao mercado no final do ano que vem, teve além de um trailer com diversos nomes da indústria dos games, a revelação de que será um marco na indústria.

Isso por que a empresa quer acabar com o conceito de gerações de consoles, fazendo com que o Scorpio, seja uma nova extensão da sua linha de consoles.

O console promete vir com suporte nativo às resoluções de 4K, além de já vir completamente pronto para a Realidade Virtual.

E não somente isso, todos os acessórios e aparatos do Xbox One, serão compatíveis com o novo console. Portanto, controles e afins poderão ser usados sem problemas de compatibilidade.