E3 2016 – Conferência Sony

Avatar

Uma das coisas mais interessantes sobre as conferências da Sony, é que fazendo um comparativo com as demais empresas, a Sony costuma falar pouco, mas agir consideravelmente.
Fazendo um ar de grandiosidade, perante a concorrência, a empresa adotou como palco de sua conferência um teatro, com direito à orquestra ao vivo e pessoas presas à uma infinidade de coisas novas no palco.

Começando sua conferencia, tudo se inicia com um tema executado ao vivo de God of War. Aquilo parecia uma forma de indicar de como a empresa iria chegar na E3, e não foi para menos.

Após a execução, o trailer do novo God of War tomou a tela, e encheu a apresentação de rostos surpresos.

God of War Omega foi anunciado – porém, ainda sem data. Todos os rumores envolvendo a volta de Kratos em um novo mundo – desta vez, focado na mitologia nórdica (ao que tudo indica), mostraram não só um personagem mais maduro, mas novos sistemas foram implementados ao game, como um novo tipo de câmera fixa no ombro do personagem.

O trailer mostra Kratos indo ensinar um garoto – que não se sabe ao certo se é seu filho – a caçar, pois o espartano “está faminto”.
E tem-se início ao gameplay de quase 10 minutos, mostrado ao vivo.

Após isso, a empresa anunciou um novo jogo chamado Days Gone. O jogo lembra uma mescla de Dead Rising – onde você tem que lutar com hordas e mais hordas de inimigos – com The Last of Us, pois parece que uma ameaça biológica acabou transformando boa parte da população em zumbis agressivos.

O game também teve uma gameplay revelada ao término da conferência.

The Last Guardian também apareceu novamente, mostrando além de um trailer novo, com alguns detalhes sobre o game  – como o fato de Trico (a criatura que nos acompanha), não ser a única existente.

O game também recebeu (finalmente) uma data de lançamento: 25 de Outubro de 2016.

Outro game que gerou um hype enorme na E3 de 2015, foi Horizon: Zero Dawn. E dessa vez, não foi diferente. Um novo gameplay foi mostrado na conferência, mostrando toda a dinâmica do jogo.
Nele, teremos a opção de escolha de diálogos (como vistos em Dragon Age e The Witcher III), além de ser mostrado algumas coisas sobre a forma de combate contra os inimigos.

O jogo ainda traz a opção de craftar itens dos inimigos abatidos, para a construção e upgrades das armas, e também temos a possibilidade de hackear os inimigos, para torná-los nossos aliados.

Uma das coisas mais legais apresentadas em Horizon: Zero Dawn, foi a forma com que o cenário é destrutível.
Outro ponto bastante interessante, foi a demonstração do uso de armadinhas em combate, tornando cada confronto, uma experiência única.

O jogo ainda está em desenvolvimento, e não possui data de lançamento.

A Quantic Dream (Beyond: Two Souls e Heavy Rain) também marcou presença na conferência, com seu novo jogo, chamado “Detroid: Become Human”. Nele, assumimos o papel do andróide Connor, que nada mais é do que um andróide programado para negociações de situações de alta periculosidade. Além disso, todo o aspecto investigativo e interativo que vimos em Heavy Rain volta aqui muito mais amplo e prometendo desfechos diversos, dependendo das ações do jogador.

O jogo também traz belíssimos gráficos – uma marca registrada da Quantic Dream, pioneira na captura de movimentos e expressões faciais.

Nesse instante, a Sony começa a mostrar seus títulos para o Playstation VR – que também teve seu preço anunciado. O sistema de realidade virtual da empresa será vendido pela bagatela de US$399 – um preço abaixo do que a concorrência está pondo no mercado, mas ainda assim, caro – e também revelou que no momento, cerca de 50 dos seus títulos virão com compatibilidade para o novo sistema.

O dispositivo ainda não possui data de lançamento confirmada.

Um dos trailers que mais chamou a atenção do público, foi este:

E foi um choque geral quando o Resident Evil 7 foi anunciado para a Realidade Virtual. Não que o game usará exclusivamente essa tecnologia – você também poderá jogá-lo de forma convencional, mas claro, sem a mesma experiência proposta.

E isso acabou pegando todos de surpresa, pois muito se especulava sobre um retorno da série, mas detalhes sobre como o game estava, e que tipo de gameplay o mesmo iria adotar, ainda eram um mistério.

No decorrer da apresentação, mais games para o novo sistema foram anunciados, como Far Point, um game FPS de exploração espacial.

Star Wars Battlefront X-Wing VR Mission, também chega trazendo toda a experiência das batalhas espaciais da franquia de George Lucas para o novo dispositivo da Sony.

A Rocksteady também entrou na brincadeira, trazendo um trailer em CGI narrado pelo maior vilão do Homem-Morcego. Batman Arkham VR traz toda a experiência do detetive de Gotham, para a realidade virtual, fazendo com que o jogador encarne o herói, em uma experiência única.

A Square Enix também marcou presence na conferência da Sony, mostrando um trailer rápido de Final Fantasy XV, e também para apresentar o “FF XV VR Experience”, uma modalidade de jogo em que assumimos o papel de Prompto (um dos personagens da turma de Noctis), pois, como ele utiliza armas de fogo, uma nova experiência imersiva foi criada para Final Fantasy acabou nascendo.

Confira abaixo o trailer:

E, para acalentar a curiosidade de muitos, eis que surge o primeiro gameplay de Call of Duty: Infinity Warfare.
O game, não só abre um novo leque de possibilidades, como também traz batalhas espaciais, além de explorar o uso da gravidade para vencer os inimigos.

O game chegará as lojas dia 4 de novembro deste ano.

Quem também figurou na conferência, foi o trailer da remasterização de Call of Duty Modern Warfare:

Após essa onda de jogos voltados para a nova plataforma da Sony, uma música bastante conhecida da velha guarda, e um cenário colorido deram espaço para a apresentação.
O público parecia não acreditar que no palco, aparecia uma sombra de Crash Bandicoot.

Mas, apenas o anúncio de que os três primeiros games da franquia seriam remasterizados para o Playstation 4. E que Crash, faria uma participação como um dos personagens jogáveis de Skylanders Imaginators.

O game chegará em outubro deste ano nas prateleiras – e, por enquanto, é uma forma singela de relembrarmos os antigos games do Crash Bandicoot.

O jogo ainda permitirá que criemos nosso próprio personagem, ao nosso gosto, para desbravar os mais diversos mundos de Skylanders.

Após esse choque de alegria e “não tão alegria assim”, tivemos mais um título da série LEGO divulgado: LEGO Star Wars: The Force Awakens traz todo o enredo visto no filme, com aquele toque de humor que os jogos da franquia LEGO sempre trazem consigo.

O jogo será lançado dia 28 de junho deste ano para PS4 e também para PS3.

E eis que surge Andrew House no palco, com um anúncio no qual, ninguém parecia esperar. Fazendo aquele momento de suspense no palco, Andrew convida um dos “maiores talentos da indústria dos games”, para subir ao palco. Eis que as cortinas se abrem, e Hideo Kojima surge, com uma enxurrada de aplausos, gritos, e histeria total.

Kojima então diz trazer algo novo, rodando em tempo real. No telão, surge o primeiro trailer de seu novo projeto, e para surpresa (mais uma vez) de todos, conta com Norman Reedus (o Daryl de “The Walking Dead”) figurando como protagonista (talvez) de Death Stranding ( que numa tradução literal, seria algo como “Morte Encalhada”).

Gameplays e detalhes sobre o game, ainda serão revelados – possivelmente durante a Playstation Experience, evento separado onde a Sony costuma mostrar seus projetos mais à fundo.

E encerrando as apresentações da noite, a Imsoniac Games revelou um novo do amigo da vizinhança, o Homem-Aranha está de volta ao mundo dos games.
O título não possui nome, mas pôde-se conferir um pouco do gameplay dinâmico que o jogo têm a nos oferecer. O projeto ainda está em desenvolvimento, e não possui data de lançamento.