E3 2017 – Conferência Sony

Avatar

A noite desta segunda-feira foi marcada pela conferência da Sony, mostrando o que vem por ai.

Em uma apresentação bastante contida, e com poucas surpresas, a Sony mostrou apenas o que todos estavam aguardando – ou não.
Vários títulos anunciados anteriormente para o Playstation 4 outrora, acabaram não figurando na conferência, que teve como foco, teasers e longos trailers de gameplay.

A conferência iniciou-se com uma apresentação musical de um grupo de música indiada – o que é bem característico da empresa, que há alguns anos, adota esse início em suas apresentações.
Logo após, um novo trailer de Uncharted: The Lost Legacy (expansão stand-alone de Uncharted 4), game que traz como protagonista a ladra morena e sensual Chloe, em ritmo de ação frenético, não deixando nada a desejar.

Em seguida, foi-nos apresentado o trailer da primeira grande DLC de “Horizon: Zero Dawn“, chamada “The Frozen Wilds“, que dará continuidade à história de Aloy. A DLC chegará ainda este ano.

E então a conferência teve seu primeiro grande momento, com o primeiro grande gameplay de “Days Gone“, um jogo que mescla bastante um clima de “The Last of Us” com “The Walking Dead” e “Tomb Raider“. Ainda sem data de lançamento, Days Gone é uma das grandes apostas exclusivas da Sony.

Shawn Layden, responsável pela divisão Playstation na América do Norte, subiu ao palco, demonstrando empolgação e tentando levantar a galera, falando que todos os estúdios da empresa, e parceiros, estão trabalhando arduamente para trazer o melhor line-up para a plataforma. E, sem mais delongas, a conferência deu seguimento a onda de trailers sequenciais.

A Sony então trouxe um trailer mostrando um pouco do sistema de gameplay de “Monster Hunter World“. O jogo chegará no início de 2018.

Talvez aqui, a empresa tenha de certa forma surpreendido os fãs apaixonados de Shadow of the Colossus, que ganhará um remake com visuais muito mais definidos – e fará com que gastemos dinheiro pela terceira vez com o mesmo jogo, pra tapar o rombo deixado por The Last Guardian, talvez?!

Em seguida, tivemos o trailer de Marvel vs. Capcom Inifity, que chegará ao mercado em 19 de setembro deste ano. Uma demo do modo história do jogo também já foi disponibilizada na PSN para download.

Um novo trailer de Call of Duty: WWII também figurou na conferência, mostrando um pouco mais da ambientação em meio a Segunda Guerra Mundial. O jogo da Sledgehammer chega ao mercado em 3 de novembro.

E aqui, começou o momento dedicado a tentar vender o Playstation VR, mostrando alguns títulos novos para o acessório. Começando por Skyrim VR, onde agora poderemos assumir de verdade o papel do Dragon Born e gritar FUS RO DAH como ele merece ser gritado.

Depois um novo jogo foi apresentado, chamado Star Child, que apesar de ser anunciado como sendo para o PS VR, não me pareceu nada imersivo. Apenas um side-scrolling 2.5D com elementos de plataforma.

O estúdio responsável por Until Dawn trouxe para a apresentação, dois novos projetos, onde um deles tem como ambientação, uma espécie de hospital psiquiátrico. The Impatient é uma das apostas para a realidade virtual da Sony, bem como Bravo Team, um jogo de tiro bem genérico. Nenhuma data foi revelado para ambos os games.

The Impatient:

Bravo Team:

Após isso, talvez esse tenha sido um dos anúncios mais DISPENSÁVEIS dessa conferência, onde eles adaptaram a pescaria de Final Fantasy XV para a realidade virtual. (Sério, será que tem gente que vai comprar isso?!). “Monster of the Deep” não recebeu data de lançamento para o PS VR.

E encerrando a apresentação para o VR, tivemos Moss. Com um simpático ratinho de companheiro, nos aventuraremos por calabouços, masmorras, florestas, e uma vasta gama de ambientes.

Aqui, se iniciou o segundo grande momento da conferência, com um novo trailer do novo God of War – que também não recebeu uma data certa, apenas “início de 2018” -, e de fato era um momento muito esperado por todos, pois poderíamos ver mais do novo universo envolvendo Kratos e seu filho Athreos, nas gélidas e longínquas terras nórdicas.

Detroid: Become Human, novo projeto da produtora de Heavy Rain e Beyond: Two Souls também teve um grande trailer, mostrando até mesmo um pouco do gameplay do jogo. Com a promessa de que suas ações pesarão nas consequências do desenrolar da história, o jogo deverá chegar no segundo semestre de 2018.

Encerrando a conferência, Destiny 2 surge no telão da conferência, mostrando as vantagens de se jogar o game na plataforma da Sony, onde conteúdos exclusivos serão lançados periodicamente. Destiny 2 chega dia 6 de Setembro ao mercado.

Shawn Layden retorna ao palco, apenas para agradecer a todos que compareceram, e para mostrar o último grande anúncio da conferência. Terminando com chave de ouro este terceiro dia de conferências, a Sony encerra sua apresentação mostrando bastante do novo Marvel’s Spider Man, jogo que traz o amigo da vizinhança – quem assume o manto do herói aqui, é Miles Morales, um jovem negro de ascendência hispânica que assume a identidade do herói após a morte de Peter Parker na HQ -. O game segue um sistema de gameplay bem parecido com o visto na série Arkham, da Rocksteady, e é muito aguardado devido a carência de bons jogos atuais de heróis.

Com uma apresentação focada em trailers e anúncios, a Sony peca em não trazer ao palco mais de outros títulos aguardados, como “Death Stranding” e “The Last of Us: Part 2“. Apesar de bons trailer, e tomar pouco tempo de palco, a empresa pareceu “remasterizar” sua apresentação do ano passado – coisa que ela faz muito bem. Infelizmente, nada do que foi apresentado saltou aos olhos, e pôde ser considerado de fato uma surpresa. Dessa vez, a empresa optou pelo “morno com adoçante”.