5 aberturas de seriados da sua infância

Avatar

Salve, salve Nerds!

Bom, como o rendimento da série nova do blog tem tido bons resultados, dessa vez, a abordagem será pro público mais saudosista.
Quem ai não esperava chegar da escola, curtir aquele rango gostoso da mãe, e assistir um bom seriadinho no SBT?!

Então… Se você é uma criança dos anos 90, certamente isso fez parte da sua infância. E é por isso que o tio separou aqui uma lista com as…

5 aberturas de seriados da sua infância

Então borá por que a bagaça está fumegante:

#1 – Punky: A Levada da Breca:

Quem ai lembra dessa pérola?! A menina órfã que aprontava altas com o véio Arthur?! Punky sem dúvida, fez parte da infância de muitos aqui, e sua abertura até hoje é muito memorável.

Agora… Eu nunca entendi esse veio sentado todo duro na calçada… Será que ele morreu de frio, mano?!

P.S.: Punky também tem um dos episódios mais lazarentos e diabólicos de um seriado infantil, com altas imagens perturbadoras que fizeram muitos marmanjos de hoje, se borrarem todos quando eram crianças (eu me incluo nessa lista, ok?!)

#2 – Um Maluco no Pedaço (Fresh Prince of Bel Air)

Ai eu te pergunto: Quem nunca cantou um “embromation” pra seguir o ritmo Rapper de Will, em “Um Maluco no Pedaço”? Will era um rapaz da Philadelphia, que tinha uma vida fadada ao fracasso. Mas, seus tios ricos de Bel Air decidem abrir a casa para o rapaz poder estudar, e seguir uma vida honesta e estável… O que eles não esperavam era um rapaz todo metido a malandro, com altos trejeitos e falando altas gírias para a sociedade conservadora grã-fina.

Sem dúvida, essa trilha da abertura, marcou muitos dos seus almoços em frente à TV, não é mesmo?

#3 – Blossom

Blossom era o típico seriado voltado para meninas, mas que tinha muito “muleke-piranhudo” que não perdia um episódio.

Blossom focava nos conflitos e na vida de um modo geral, de uma menina enfrentando a vida adolescente, com a escola, com os namorados, e com a ausência da mãe, e de um pai amoroso, e um irmão tapado.
Não tinha como não gostar disso… E não tinha como deixar passar essa abertura!

#4 – Friends

Eu lembro que muito pouco se falava em Friends nessa época. Isso era apenas assunto para a “elite burguesa da televisão a cabo”, no qual eu não me enquadrava.
Friends era o tipo de seriado que tinha uma abordagem adulta, mas era permitido ser visto por todos os públicos por que junto com Seinfeld (outro seriado mais visto pela galera da TV por assinatura),  fixou o sitcom (comédia sobre o cotidiano), e o estilo é empregado até hoje, como The Big Bang Theory, Two and a Half Man, Mom, etc.

E a trilha sonora de abertura é tão nostálgica, que você lembra daquela vida pobre e medíocre de assistir Friends no SBT, toda quinta a noite.

#5 – Três é Demais (Full House)

Pra muitas pessoas, morar junto com a família, pode ser algo bacana, ou algo bem estressante… Mas e quando a coisa se torna engraçada? Ai você junta seu amigo fanfarrão fazedor de vozes engraçadas, seu irmão mais novo com sonho de ser um astro como Elvis, suas três filhas, seu cachorro, as namoradas, e bum! Você tem “Três é Demais”!!!!

Talvez uma das aberturas de seriados mais bonitas, e que é difícil de esquecer-se desse “ah, ah, ah, aaaaaaaaaaaah…” do início. Curte ai e dá uma passada na infância de novo!

Bom galera espero que gostem de dar essa passeada pelos seus almoços depois da escola. E nos vemos semana que vem com mais um “5 alguma coisa”. Ah, e não esqueçam de deixar nos comentários alguma abertura de série antiga que te marcou – Mas não esqueça, só vale série, hein?!