Michael Pachter: “Qualquer Publisher que desative os jogos usados, corre o risco de boicote”

Avatar

Na tarde de ontem, 6 de junho, em reportagem publicada pelo site Kotaku, a Microsoft divulgou alguns aspectos técnicos em torno de seu novo console, dentre eles a obrigatoriedade de conexão à internet 24 horas.

Mas, uma das declarações da empresa que mais causou entre os fãs de games, foi, sem dúvida, o fato que envolve os games usados.

De acordo com a empresa, os jogos usados só poderão ser vendidos ou jogados  em consoles diferentes, se a empresa fabricante (Publisher) autorizar o mesmo.

De acordo com uma nota publicada hoje pela manhã no site Gamespot, o Analista da Wedbush Morgan, Michael Pachter crê que a maioria das Publishers não irá bloquear seus títulos usados, pelo menos nos primeiros instantes do novo console.

“Em nossa opinião, qualquer Publisher que desative um jogo usado, corre o risco de sofrer uma reação negativa ou boicote dos seus títulos, pelos jogadores, impactando negativamente as vendas.” disse Pachter.

A Gamespot também procurou algumas das empresas, como Capcom, Bethesda, Activision, Take-Two, Warner Bros. Blizzard e Eletronics Arts, mas apenas a empresa Bethesda se pronunciou a respeito.

“Nós não tivemos tempo para compreender e avaliar essa questão”, disse um representante da empresa.

Leia a reportagem completa (em inglês): Gamespot