Sony se pronuncia sobre decisão de retirar o Homem-Aranha do MCU

Avatar

A Sony Pictures publicou um comunicado após as notícias de que a Marvel Studios não estará mais à frente de nenhum filme do Homem-Aranha.

Segundo o comunicado, a Sony culpa a Disney por solicitar uma divisão de lucros de 50% para cada companhia. Além disso, ela se diz “desapontada” por Kevin Feige, presidente da Marvel no cinema, não ser mais a liderança por trás das produções do cabeça de teia.

Em sua conta no Twitter, a Sony Pictures afirmou que “Muitas das notícias envolvendo o personagem descaracterizavam discussões recentes sobre o envolvimento de Feige na franquia“, e que teria sido da Disney, a decisão de romper o acordo de inclusão do Homem-Aranha e seus vilões no MCU.

Em nota, a Sony disse:

 

“Estamos desapontados, mas respeitamos a decisão da Disney de não tê-lo como chefe de produção do nosso próximo filme em live-action do Homem-Aranha. Esperamos que isto possa mudar no futuro, mas entendemos que as várias novas responsabilidades que a Disney deu a ele — incluindo todas as novas propriedades adquiridas pela Marvel — não lhe dão muito tempo para trabalhar em propriedades que não são deles”.

 

Apesar das desavenças recentes, a Sony se manifestou sobre Kevin Feige, elogiando-o por todo o seu apoio durante o período de parceria.

 

“Kevin é incrível e somos gratos a ele pela ajuda e por nos guiar. Apreciamos o caminho que ele nos ajudou a encontrar e que daremos continuidade”.

 

Fonte: IGN Brasil