Sony diz ter identificado responsáveis por vazamento de The Last of Us: Part 2

Avatar

Após a grande repercussão do vazamento de informações sobre o final de The Last of Us: Part 2, a Sony diz ter identificado os responsáveis e afirma que nenhum deles possui envolvimento com a Naughty Dog, como havia sido cogitado em um primeiro momento.

Os vazamentos mostram alguns vídeos capturados, onde é possível ver alguns trechos importantes da narrativa, além de outras informações terem sido vazadas em fóruns como o Reddit.

A Naughty Dog, ao ficar ciente do ocorrido, lançou uma nota em seu perfil oficial no Twitter, pedindo para que os fãs que aguardam o lançamento do jogo, não assistam ao conteúdo vazado. A empresa ainda disse que a experiência oferecida pelo game “valerá a pena”.

Alguns rumores apontavam que o vazamento dessas gameplays e informações ocorreu após algum (ou alguns) funcionários da própria Naughty Dog, como forma de protesto pelo crunch time envolvendo a produção do título. Em entrevista ao site Game Industry, a Sony diz já ter identificado os autores da ação, e informou que eles não são ligados nem a Sony Interactive Entertainment ou a Naughty Dog.

A empresa também revelou ao site Kotaku que a autoria do vazamento não tem relação com ex-funcionários tando da SIE ou da desenvolvedora do jogo.

Jason Schreier, ex-jornalista do site Kotaku, foi o responsável por expôr as brutais condições de trabalho dentro da Naughty Dog durante o desenvolvimento de The Last of Us: Part 2, sendo também um dos primeiros a questionar que o vazamento foi feito por algum funcionário de dentro da empresa.

O repórter conversou com alguns funcionários da empresa, que lamentaram o ocorrido, além de considerarem que tal atitude foi extremamente prejudicial para todo o trabalho envolvido no projeto.

Questionado por um de seus seguidores no Twitter, se o vazamento teria relação com as péssimas condições de trabalho dentro da Naughty Dog, Schreier disse:

Isso significa que essa acusação específica era mentira, mas não se sabe os motivos que levaram ao vazamento. Suspeito que isso foi uma falha na segurança.

Após o vazamento de tais informações, The Last of Us: Part 2 ganhou uma nova data de lançamento, chegando ao mercado em 19 de junho para Playstation 4. Em sua versão física, o game contará com dois discos Blu-Ray, e ocupará cerca de 100GB de espaço em disco.

Fonte: Eurogamer