“NieR: Automata” quase foi cancelado por que Yoko Taro não gosta de acordar cedo

Avatar

Yoko Taro talvez seja um dos desenvolvedores mais excêntricos dentro da indústria dos games. E não seria muito estranho esperar notícias envolvendo sua excentricidade.

O criador da série Nier e Drakengard, trabalhou em parceria com a Platinum Games para o desenvolvimento de NieR: Automata, o que não é novidade para ninguém, já que o jogo foi muito bem recebido pela crítica e pelos fãs.

O que poucas pessoas imaginam é que o jogo esteve muito perto de ser cancelado pela falta de compromissos de horários de Taro, que em uma entrevista para o USGamer, revelou que não gosta de acordar cedo, o que acabou gerando alguns conflitos com a Platinum Games.

“A Platinum Games começa a trabalhar as 9:30 da manhã e enquanto freelancer, não posso acordar tão cedo”

Taro disse que a questão de horário foi pauta de diversas discussões durante o desenvolvimento de Nier: Automata:

“Passamos um mês discutindo constantemente essa questão de horários e NieR: Automata chegou a estar muito perto de ser cancelado por que todos começavam a trabalhar muito cedo pra mim. Isso não é uma piada.”

Apesar de parecer uma brincadeira, vindo de Taro, ele enfatizou que não é e que ele e o estúdio tiveram algumas desavenças por conta disso.

A Platinum Games se pronunciou sobre a questão, informando que seus funcionários podem sim chegar mais tarde ao estúdio, mas que só podem sair depois do horário de experiente para compensação do atraso.

Fonte: Eurogamer / USGamer