Hackers descobrem falha no sistema do Nintendo Switch

Avatar

Depois de terem conseguido hackear o sistema do SNES Classic Mini, hackers agora conseguiram ter acesso ao sistema interno do Nintendo Switch.

Eles descobriram uma forma de aplicar softwares caseiros, deixando o caminho aberto para que futuras aplicações como reprodutores de mídia, emuladores e jogos piratas possam ser usados no aparelho.

Alguns entusiastas da comunidade de “homebrew” (softwares desenvolvidos por usuários e que não possuem aprovação da empresa fabricante do aparelho) Wololo, dizem ter atualizado uma ferramenta que possibilita a instalação de programas no console sem aval da Nintendo.

O programa é chamado Pegaswitch e o novo recurso desenvolvido pelos hackers explora uma falha na versão 3.0.0 do sistema, juntamente com o jogo “Pokkén Tournament DX“.

A ferramente promete explorar novas falhas e supostamente abrir caminho para que jogos piratas sejam usados, mas ainda não há uma forma de conseguir rodar esses títulos de forma ilegal.
Há também a promessa de que com isso, o Switch consiga rodar outros sistemas via emulação.

A falha só está presente na versão 3.0.0 do sistema. Atualmente, a Nintendo já possui uma nova versão (a 4.0.0), que impede que tais hacks sejam feitos, pois traz a correção para a tal brecha.

Fonte: Olhar Digital