Responsável por um dos melhores emuladores de SNES comete suicídio após sofrer cyberbullying

Avatar

O domingo (27) foi marcado por uma triste notícia para o mundo da emulação e do retrogaming. Um dos maiores expoentes da preservação de jogos, Near, cometeu suicídio, após sofrer por um longo período de assédio cyberbullying.

A informação veio através de um amigo próximo do desenvolvedor, Hector Martin, que divulgou uma mensagem em seu perfil oficial no Twitter. Você pode lê-la integralmente (em inglês), abaixo – mas adiantamos que se trata de um conteúdo sensível, então esteja avisado.

O trabalho de preservação e emulação de Near é nada menos que notável. Elu iniciou seu emulador mais famoso, o BSNES em 2004, com o objetivo de fazer o emulador mais preciso de uma experiência real de um console retro. Entretanto, as primeiras versões do emulador tinham problemas de performance, rodando muito lentos em hardwares medianos e ficando restrito apenas para configurações de PCs mais avançadas. Pensando em resolver esse problema, Near realizou um processo de decapagem dos chips do Super Nintendo para melhor compreensão de seu funcionamento e resolver o problema de performance do seu emulador. O processo deu tão certo que o BSNES tornou-se uma referência em emulação, já que era compatível com toda a biblioteca do console.
Além disso, Near também dedicou parte do seu tempo em auxiliar outros desenvolvedores de emulação, como os devs do SNES9X, no intuito de tornar o projeto melhor.

Fora do ambiente de emulação, Near também dedicava-se a preservação física de jogos, comprando uma coleção completa do SNES americano e do Super Famicom japonês para melhorar ainda mais o processo de emulação, retirando as ROMs diretamente dos cartuchos originais.

Identificando-se como não binário, Near postou uma thread em seu perfil oficial no Twitter neste sábado (26), em que expõe todo o bullying e assédio que sofreu na internet.

Abaixo, você pode ler todo o material traduzido:

A verdade é que fui intimidado, ridicularizado e humilhado durante toda a minha vida. Das minhas primeiras memórias da escola primária até agora. Sempre me magoou tão profundamente que não consigo descrever em palavras. Eu só pude tolerar isso com forte depressão quando era 4chan.

Mas a Kiwi Farms piorou ordens de magnitude do assédio. É uma escalada de me atacar por ser autista, atacar e liberar documentos aos meus amigos e tentar uma isca suicida, apenas para obter uma reação de mim. Perdi um dos meus melhores amigos para isso. Eu me sinto responsável.

Eu não aguento mais. Eu tentei de tudo. Tomei todos os medicamentos disponíveis. Tentei vários terapeutas. Tentei me fechar para o mundo. Não ajuda em nada. Todas as noites, tenho ataques de pânico, medo e preocupação.

Eu tentei mudar de todas as maneiras possíveis, como eles queriam, a fim de fazer isso parar, mas nunca para. A cada poucos meses, é algo novo. Um novo documento, um novo fio, uma nova tangente. É demais para suportar por mais tempo.

Sempre tentei o meu melhor para ser gentil e prestativo com todos. E eu não fiz nada de errado além de ser estranho online. Talvez um pouco apaixonado demais às vezes. Suas reivindicações horríveis são totalmente infundadas. Ainda assim, se eu magoei ou perturbei alguém, sinto muito por isso.

A internet não é um jogo. É a vida real. Eu sou uma pessoa real Essa coisa dói muito. Eu coloquei minha vida inteira nisso. Não tenho amigos na vida real, não tenho outra razão de ser. Só isso. E agora não tenho nada.

É tarde demais para mim, mas oro para que alguém, em algum momento, faça algo a respeito desse site. Há muitas pessoas sofrendo e ninguém parece se importar porque não somos relativamente ninguém online, e eles sabem disso. O mal triunfa quando os homens bons não fazem nada.

Por favor, não se lembre de mim por isso. Lembre-se de mim pelo que fiz. Pelo meu trabalho e dedicação. Muito obrigado a todos por sua gentileza e apoio ao longo dos anos. Sinto muito, mas saiba que amo muito todos vocês. Esperamos que haja algo melhor aguardando.

Por favor, não me odeie por isso. Por mais que eu saiba que isso fará com que alguns de vocês sofram, por favor, entendam que eu estava sofrendo muito mais. Tenho certeza de que alguns tentarão interpretar isso como minha culpa. Mas isso não. Eles não precisavam fazer isso e poderiam ter parado a qualquer momento, mas optaram por não fazê-lo.

Eu teria continuado se Joshua Moon tivesse me mostrado apenas um pouquinho de compaixão. Mas ele escolheu não fazê-lo. Isso não é comigo, é com ele. Isso está em cada pessoa que me empurrou até este ponto e não desistiu. Eu nunca mereci nada disso.

Muito obrigado a todos pelas mensagens gentis. Por favor, cuidem de vocês. Eu amo muito todos vocês. Obrigado por todo o seu apoio ao longo dos anos. Foi uma grande honra. Vou sentir muito a falta de vocês, mas pelo menos posso finalmente estar em paz.

De acordo com o usuário Theorymon, através do fórum ResetEra, o “Kiwi Farms” mencionado por Near, é um fórum dedicado a praticar cyberbullying online.

“A Kiwi Farms foi desmembrada da CWCiki, uma wiki focada em Chris-Chan. Eles são um fórum focado em cyberbullying outras pessoas. Eles tendem especialmente a se concentrar em pessoas que estão em grupos vulneráveis. Por exemplo, Byuu que eu saiba, identificado como não binário, é por isso que começaram a assediá-lo. Parece que eles são um grande catalisador para essa situação.

Desde os primeiros instantes após o comunicado de Near, seguidores do Twitter tentaram entrar em contato com elu, que mora no Japão, por meio da Embaixada dos Estados Unidos.

Como iniciamos essa notícia, a informação sobre a morte de Near veio através do comunicado do usuário Hector Martin neste domingo (27). No entanto, as autoridades do Japão, onde Near morava, não divulgaram informações oficiais sobre o caso até o fechamento desta matéria.
Nossos sentimentos a todos os familiares e amigos / amigas / amigues delu.

Caso você ou alguém próximo de você esteja passando pro algum tipo de assédio, cyberbullying ou tenha tendências suicidas, disque 188 – Centro de Valorização da Vida ou acesse o site oficial do CVV.

**Esta matéria foi alterada, removendo nomes anteriormente utilizados em respeito a identidade de gênero. Também optamos pelo gênero neutro, em respeito a Near. 

Fonte: Nintendo Life