Mude geneticamente seu pet em “Mutant Fighting Cup 2”

Avatar

Quem ai não curte um bom jogo de luta?! Ah, aquelas tardes de final de semana, onde você e seus amigos podiam desfrutar de um bom refrigerante, e socos e chutes virtuais, não é mesmo?
Agregue isso com o poder de usar o seu pet (ao bom e velho estilo Pokémon), porém, utilizando mutações genéticas para deixar o seu cão ou gato “tunado” e pronto pro combate!

Pois essa, é a premissa de Mutant Fighting Cup 2.

Nele, o objetivo é ir de luta em luta, conquistando o maior número de vitórias nos torneios que ocorrem ao redor do mundo.
Parece simples, não é? Mas, ao contrário de um jogo de luta convencional, nele temos que administrar muito bem cada ação, pois, conforme o jogo avança, os desafios vão ficando cada vez mais difíceis.

Começamos com a escolha do nosso pet – que pode ser um cãozinho ou um gatinho normal, e que pode ser alterado à qualquer momento de escolha – , e iniciamos com algumas mutações básicas, como aumento de músculos, garras afiadas, aumento de dado de ataque, opção de cura, enfim.
Realizada a alteração genética no bichinho, é hora do duelo!
Aqui, entramos em modo de combate, e sempre temos três ações, baseadas na forma de mutação que determinamos, portanto, pense bastante na hora de montar o seu “monstrinho”, e garanta sua vitória.

Ao conseguirmos derrotar o nosso adversário, ganhamos algumas mudanças para novas mutações, como chifres, uma carcaça que aumenta a defesa,  dentes afiados para uma mordida mais efetiva, e outras inúmeras mutações.

O game é bem simples, mas que nos dá uma dinâmica de montagem de pet mutante bastante variada, o que o torna quase que único.
A trilha sonora é bem interessante, com batidas mais empolgantes durante a ação de combate.

O jogo trabalha com um sistema de cura durante as batalhas caso você tenha esse atributo em sua mutação, ou após vencer cada duelo.

Os controles são bem simples, respondem muito bem, mas dependendo do navegador que você estiver usando, pode apresentar alguns delays na hora de comandar o seu pet, apresentando alguns pequenos lags – recomendo que seja usado o Mozilla Firefox para evitar esse pequeno problema.

A qualidade gráfica, é bem simples, usando o Adobe Flash Player, onde a movimentação é fluída em alguns momentos, mas um pouco repetitiva e sem muitos efeitos (devido a limitação da plataforma).

Mutant Fighting Cup 2 é um game estratégico e simples, e que acaba viciando o jogador que está querendo dar aquela “espiadinha básica” por apresentar uma variedade de customização muito grande, tornando o seu bichinho de estimação, praticamente único.
Ele peca em alguns fatores, mas, quem está procurando um browser game para passar o tempo, e bancar o “Mestre Mutante”, é diversão garantida.