Justiça brasileira manda bloquear novamente o Whatsapp

Avatar

02portalWha-777x437

A Justiça determinou que todas as operadoras de telefonia do Brasil – Oi, Tim, Vivo, Claro e Nextel – realizem à partir das 14 horas de hoje (02), o bloqueio do aplicativo de mensagens Whatsapp em todo o território nacional por 72 horas.

A decisão partiu do juiz Marcel Montalvão, da comarca de Lagarto (SE), que ainda não se manifestou sobre o motivo.

Segundo apurações, todas as empresas estão impedidas de descumprir a ordem judicial, sob pena de uma multa de R$500 mil ao dia.

Esta é a segunda vez que uma determinação judicial barra o aplicativo no Brasil. No ano passado, mais especificamente em 17 de dezembro, uma liminar impedia o uso do aplicativo no Brasil por 48 horas – que acabou sendo anulada, deixando o app fora do ar por “apenas” 12 horas.

Vale ressaltar que o juiz que ordenou o novo bloqueio do Whatsapp, foi o mesmo que determinou a prisão do vice-presidente do Facebook na América Latina, Diego Dzodan, em março deste ano. E após a prisão do vice-presidente – por coincidência ou não – o Whatsapp foi atualizado no mês seguinte, trazendo uma nova criptografia, no qual apenas pessoas envolvidas na conversa podem ler as mensagens, sem a intervenção de terceiros, como as próprias operadoras.

Fonte: ClicRBS / Folha de SP