Hello Games é inocentada de acusações de propaganda enganosa de No Man’s Sky

Avatar

No Man’s Sky foi um dos lançamentos mais aguardados do ano, e que em meio a uma avalanche de hype, também acabou trazendo uma série de polêmicas e promessas não cumpridas.
Por isso, em setembro, a Advertising Standards Authority, órgão de regulamentação de publicidade do Reino Unido, iniciou uma investigação em cima do game, depois de algumas queixas terem sido abertas na página do jogo na Steam, alegando propaganda enganosa por parte da Hello Games, em entregar um produto que não condizia com o que foi demonstrado.

Dentre os pontos, os usuários relataram que aquilo que foi demonstrado em imagens e vídeos, não era o que o produto final apresentou, como a qualidade gráfica, os combates aéreos, o comportamento das formas de vida de cada planeta, e claro, o modo online.

A ASA então, afirmou, conforme a declaração da Hello Games, que como o jogo funciona de forma procedural, cada jogador terá uma experiência única. Por isso, as conclusões apontam que as imagens e vídeos vistas do game em sua fase de desenvolvimento não infringem qualquer regra devido ao seu processamento procedural.

Com isso, a Hello Games é totalmente inocentada das acusações de propaganda enganosa.

Fonte: Gamehall