George Gaynes, o Arthur Bicudo de “Punky”, morre aos 98 anos

Avatar

George Gaynes, ator que deu vida a um dos maiores exemplos de pai que o mundo já viu, com o icônico Arthur Bicudo da série “Punky, a levada da breca“, e o atrapalhado Comandante Lassard em toda a série Loucademia de Polícia, faleceu no último dia 15 aos 98 anos em North Bend, Washington.

Gaynes era finlandês, e teve uma extensa carreira artística, fazendo diversos filmes, peças de teatro, além de musicais de comédia e óperas nos EUA e Europa.

A atriz que interpretou a filha adotiva na série “Punky”, Soleil Moon Frey, postou em seu instagram oficial uma foto em homenagem a Gaynes. A relação doce que ambos tiveram, extendeu-se para além do seriado.
“O Universo acabou de ganhar uma estrela gigante. Você sempre estará no meu coração e na minha alma eternamente. Da sua pequena Punky. Descanse em Paz, George Gaynes. Amor para sua família.”

George Jongejans nasceu em Helsinki, capital da Finlândia em 16 de maio de 1917, filho de pai holandês e mãe russa. George viveu sua infância na França, Inglaterra e Suíça. Mas o estouro da segunda guerra acabou interrompendo sua carreira na ópera. Preso por três meses na Espanha, após ser solto, viajou ao Reino Unido e se alistou na Marinha Real Holandesa.

Após o término da guerra, George se muda para Nova York, onde retorna à Ópera de NY. Vendo que seu futuro estava mais para a atuação do que para o canto, muda seu sobrenome para Gaynes e começa uma carreira como ator, em seriados de TV como Bonanza, O Homem de Seis Milhões de Dólares, Hawaii Cinco-0, dentre outros.

Gaynes estava aposentado desde 2003, onde fez sua última comédia Recém-Casados, com Ashton Kutcher e Brittany Murphy.

O comediante deixa além de sua esposa, uma filha, uma neta e duas bisnetas. Seu filho Matthew, faleceu em 1989 em um acidente de carro.

Fonte: Torre de Vigilância