Dead Space: Microsoft pode apostar na franquia para próxima geração

Avatar

Dead Space foi uma das principais franquias de terror da geração passada, trazendo uma atmosfera densa e claustrofóbica, com um terror espacial que, infelizmente, não foi tão frequente nesta geração.

Entretanto, essa poderá ser uma das principais cartas na manga que a Microsoft terá para a próxima geração, visto que grande parte dos ex-funcionários da Visceral Games (empresa que foi propriedade da Eletronic Arts, antes da empresa decidir fechar o estúdio), hoje atua dentro da Xbox Games Studios. Mais especificamente, os ex-funcionários da Visceral, hoje integram a Double Fine Productions, que trabalha atualmente em uma sequência do clássico Psychonauts.

Desde Dead Space 3, nada se sabe sobre o futuro da franquia. Após o anúncio de fechamento da Visceral Games, a Eletronic Arts nunca se pronunciou sobre o futuro dos títulos produzidos pela empresa (que trabalhou também em “Dante’s Inferno“).

Embora a relação entre as duas empresas seja muito boa – tendo alguns rumores no passado, indicando que a Microsoft poderia comprar a EA -, o interesse em ajudar o próximo console da Microsoft, o “Scarlett” (nome provisório do projeto), deverá partir da Eletronic Arts em dar acesso as suas IPs.

Para quem se sente órfão do clima de terror opressivo de Dead Space, vale lembrar do projeto indieNegative Atmosphere“, que promete um clima denso nos mesmos moldes que fizeram de Dead Space, um sucesso.

Fonte: Meu Xbox