Billy Mitchell se defende das acusações de fraude de pontuações em Donkey Kong

Avatar

A última semana foi conturbada na vida do recordista mundial de Donkey Kong, Billy Mitchell. Isso por que, após alegações de que a lenda dos arcades havia trapaceado para obter seus recordes, a Twin Galaxies e o Guinness World Records removeram suas marcas de seus registros.

Até o momento, o jogador não havia se pronunciado sobre o caso. Mas, antes da tomada dessas decisões por ambas as instituições, Mitchell falou sobre o assunto durante o Midwest Gaming Classic, evento que ocorreu no estado do Winsconsin, nos EUA. Ele afirmou que irá mostrar que todas as suas marcas atingidas são de fato, legítimas e legais.

“Vamos mostrar que tudo foi feito, foi feito profissionalmente, de acordo com as regras, de acordo com o marcador (…) Tudo é transparente, tudo está disponível, gostaria de tê-lo em minhas mãos agora, eu gostaria de poder dar a você”

, disse Mitchell.

Ele também registrou sua declaração em um vídeo oficial, que pode ser conferido logo abaixo (em inglês):

Mitchell fez questão de ressaltar que demonstrar a validade de suas marcas é algo que ainda pode levar tempo. Segundo ele, ele precisará juntar todo o material de evidências que possui para poder “limpar seu nome”. Isso também envolveria contactar testemunhas oculares de suas marcas, assim como documentos e outros materiais.

Ele também afirmou que assim que tiver uma base sólida de material que comprove suas marcas obtidas, ela se tornará pública.

Neste fim de semana, Steve Wiebe, outro jogador que já competiu contra Mitchell, se pronunciou sobre o caso. Ele disse que no passado, já haviam indícios que diziam que Mitchell utilizava emuladores, e não o hardware original das cabines de arcade. Para mais detalhes, você pode conferir clicando aqui.

Fonte: levelup.com