Criador de Super Mario ganhará prêmio por “contribuição cultural” no Japão

Avatar

Shigeru Miyamoto pode ser considerado um dos precursores do videogame moderno, trazendo ao mundo obras como Super Mario, Donkey Kong e The Legend of Zelda.
Neste ano, o governo japonês decidiu conceder uma homenagem ao game designer por sua contribuição cultural, tanto no país, como no mundo todo.

Em uma recente entrevista para o jornal japonês Sankei News, de Osaka, Miyamoto disse estar muito feliz com a visibilidade que a indústria tem tido nos últimos anos.

“Fico muito alegre que a indústria de jogos eletrônicos esteja sob os holofotes que merece. Este é um trabalho em que você não consegue realizar nada sozinho.”

Além de Miyamoto, outros nomes da cultura pop japonesa também serão homenageadas com o prêmio, como a mangaká Moto Hagio (de “Otherworld Barbara” e “The Poe Clan“) e o cineasta Nobuhiko Obayashi.

Em outras edições da premiação, o governo japonês também homenageou o mangaká Shigeru Mizuki, criador de “O Caderno Milagroso” –  que foi uma das ideias centrais para que Tsugumi Ohba e Takeshi Obata criassem “Death Note” anos depois – e também Hayao Miyazaki, um dos fundadores do Studio Ghibli.

Através de sua conta no Twitter, o designer Yuji Naka, responsável pela criação do principal rival de Mario nos anos 90, o ouriço Sonic, parabenizou a conquista de Miyamoto:

“Shigeru Miyamoto parece ter sido escolhido como um Mérito Cultural. Parabéns! Esta é a primeira vez que alguém da indústria de jogos é escolhido, não é? Fico realmente contente em saber que pessoas do mercado estejam sendo incluídas na cultura popular.”

Fonte: The Enemy / Twitter