[Rumor] Próximo Xbox chegará ao mercado em 2020 e terá versão voltada para jogos via streaming

Avatar

Não é nenhuma novidade que a Microsoft já está trabalhando em um sucessor do Xbox One. Phil Spencer, durante a conferência da empresa na E3 2018, revelou ao mundo que a empresa já está concentrando esforços na produção de um novo console, o que deixou muitos fãs sedentos por mais detalhes – e que de certa forma, contrariou o discurso de alguns anos anteriores, em que a empresa disse “não querer mais se ater a gerações de consoles”.

No entanto, após essa revelação, nada mais foi dito ou comentado sobre o novo aparelho. Mas, o autor Brad Sams, do site Thurrott, uma das principais fontes atuais sobre a marca Xbox, conseguiu com exclusividade algumas informações sobre o projeto.

Segundo Brad, os planos da companhia são de lançar duas linhas do aparelho: uma delas, voltadas ao público casual, sendo uma estrutura bem semelhante aos seus consoles tradicionais, como o Xbox 360 e o Xbox One. Já a outra plataforma, traria menos capacidade, mas utilizaria o serviço Cloud, da Microsoft, rodando os jogos através da nuvem (algo que foi bastante citado durante as conferências da E3 2018).

Ainda não há qualquer tipo de especificação técnica sobre o “console tradicional” que a empresa está desenvolvendo. Mas já há uma previsão de lançamento para 2020.
Por um ponto de vista de mercado, é de se supôr que a empresa lançará um produto que aproveite boa parte da arquitetura do Xbox One X, que foi lançada em novembro de 2017 e continua sendo o console mais avançado desta geração.

Sobre o aparelho voltado para o serviço Cloud – cujo protótipo até o momento foi batizado de Scarlett -, terá um poder de processamento gráfico, recepção de sinal dos controles, detecção de colisão e alguns fatores menores. Todo o restante do “poder” desta versão, será centrado na capacidade do serviço de streaming.

Com servidores espalhados pelo mundo, a Microsoft conseguiu encontrar uma forma de lidar com a latência de conexão, que hoje é o grande vilão de tecnologias desse porte.
Como o hardware desta versão será “inferior” ao da versão “tradicional”, o console será mais barato – como vemos hoje com o Xbox One S em relação ao Xbox One X -, o que torna o lucro da empresa mais baixo com a venda de consoles, mas que automaticamente, aumentaria seu capital adquirido por assinaturas de serviços como a Xbox Live Gold e o Xbox Game Pass.

Todos os jogos lançados serão compatíveis com ambas as versões e nenhuma delas terá jogos exclusivos para uma ou outra plataforma. A versão voltada para streaming também está com previsão de chegar ao mercado em 2020, e segundo reportado por Brad, seu desenvolvimento está em uma fase mais avançada que o aparelho tradicional.

Fonte: Thurrott / Eurogamer