Konami fez exigência bem inusitada durante a produção da série Castlevania, da Netflix

Avatar

Castlevania era uma série que já vivia um longo hiato desde o lançamento de Lords of Shadows 2. Com a chegada da série animada co-produzida pela Netflix, uma nova esperança de dias melhores para a franquia nasceu.

Baseado no terceiro título da série, lançado originalmente para o Nintendo 8-bit, Dracula’s Curse, a Netflix e a Powerhouse Animation conseguiram sintetizar bem o clima obscuro da série.
E, por mais liberdade criativa que ambas as empresas tivessem, a Konami fez questão de solicitar que alguns elementos presentes na animação, seguissem rigorosamente suas especificações.

Um desses pontos era que o personagem Alucard – filho do Conde Drácula, fosse destro.
Pode parecer um detalhe singelo, mas o diretor de animação Spencer Wan, desenhou praticamente todos os quadros de ação do personagem durante sua batalha contra Trevor Belmont, segurando sua espada com a mão esquerda.

Foi então que revisando suas notas, ele encontrou um comunicado da Konami à sua equipe de arte e lembrou que havia cometido o erro.

Em entrevista ao site Polygon, o diretor conta mais detalhes sobre o caso.
“Houve um momento quando eu estava começando a animar o episódio quatro, a luta entre Alucard e Trevor, onde a Konami voltou e disse ‘tenha certeza de fazer Alucard ser destro, e Alucard estava segurando sua espada com a mão esquerda em metade dos quadros. Então eu esqueci disto e animei várias cenas com Alucard segurando sua espada com a mão esquerda e precisei voltar e refazer todas elas.”

Ele ainda contou que para não esquecer mais desse detalhe, contou com a ajuda de um alguns Post-Its em sua mesa, como você pode conferir abaixo:

Não se sabe ao certo por que a Konami requisitou esse detalhe, e nem o pessoal envolvido na animação sabe explicar o motivo dessa exigência.

Fonte: Polygon / Critical Hits