Ingram Micro dá dicas de segurança no Dia da Internet Segura

Avatar

Nesta terça-feira, 9 de fevereiro, comemora-se o Dia da Internet Segura, criado para promover a conscientização sobre o uso seguro, ético e responsável das Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs). Para ajudar empresas a terem um ambiente saudável e seus dados protegidos, a Ingram Micro sugere abaixo cinco formas de manter a internet segura:

1 – Comece pelo simples: tenha um gerenciador de senhas

Um gerenciador de senhas analisa e recomenda o que mudar, seja para criar uma mais forte ou avisar que a escolhida já está sendo usada. Alguns permitem também guardar notas, informações de cartão de crédito, identidades, documentos e contas bancárias.

2 – Tenha um bom antivírus

Computadores, tablets e celulares são cada vez mais indispensáveis, mas como mantê-los e a seus usuários protegidos diante das ameaças digitais? Para garantir a confiabilidade dos dados corporativos e dos sistemas, a Ingram Micro sugere soluções next-generation. “Elas ajudam a enfrentar uma diversidade de ameaças, são fáceis de administrar, entregam proteção contínua, deixam todos os sistemas com o mesmo nível de segurança e possuem um custo baixo de manutenção“, afirma Alexandre Nakano, diretor de Segurança e Network da Ingram Micro Brasil.

3 – Aposte em um ambiente virtual isolado

Alexandre Nakano afirma que o isolamento do navegador protege um computador ou rede de ameaças baseadas na web, executando todas as atividades de navegação em um ambiente virtual isolado. “Possíveis ameaças estão contidas neste ambiente e não podem se infiltrar em qualquer parte do ecossistema do usuário, como o disco rígido do computador ou outros dispositivos na rede“.

4 – Construa uma segurança endpoint

Entre os softwares de segurança mais comuns e indispensáveis para uma empresa estão o firewall, o antivírus e o antispam. “Eles atuam de formas diferentes: o firewall protege a rede, o antispam bloqueia ameaças que chegam via e-mail e o antivírus inspeciona os arquivos que estão instalados ou prestes a ser instalados no computador, verificando se existem arquivos maliciosos ou corrompidos“, conta o diretor de Segurança e Network da Ingram Micro. As três ferramentas, combinadas, fazem parte da chamada segurança de endpoint. A ideia é proteger diretamente o computador ou celular que o colaborador está usando, evitando que as ameaças atinjam a rede corporativa.

5 – Por fim, tenha uma verdadeira estrutura de segurança

Um Secure Access Service Edge (SASE) é uma estrutura de segurança que permite que usuários e dispositivos tenham acesso seguro à nuvem e seus aplicativos, dados e serviços, de qualquer lugar e a qualquer momento. “Esse modelo converte rede e segurança de rede em uma única solução em nuvem para atender às necessidades de transformação digital de negócios, computação de ponta e mobilidade“, explica Nakano.

Com escritórios regionais em São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Porto Alegre, e vendedores locais em Curitiba, Joinville, Belo Horizonte, Recife, Salvador e interior paulista, a Ingram Micro provê suporte às necessidades de toda a cadeia de distribuição, assegurando a conquista dos objetivos de negócios de seus parceiros e clientes dentro das melhores práticas de mercado, atendendo setores como transportes, agronegócio, educação, recursos naturais, saúde, serviços financeiros, varejo e área pública, entre outros.