Erro ortográfico em “The Legend of Zelda” é corrigido após 30 anos

Avatar

Após quase três décadas desde o seu lançamento, The Legend of Zelda, lançado para Nintendinho teve um erro corrigido.

Isso por que o game, ao ser traduzido para o inglês, teve a palavra “Penninsula” digitada com um “n” a mais.
Esta correção foi feita na versão do jogo presente no NES Classic Edition, e foi percebida pelo tradutor Clyde Mandelin, autor do livro “Legends of Localization Book 1: The Legend of Zelda“.

Segundo o tradutor através de seu perfil no Twitter, a Nintendo teve diversas oportunidades de corrigir o erro, já que o primeiro jogo foi relançado diversas vezes para inúmeros consoles da empresa.

Dentre os ajustes de tradução, estão a versão de GameCube, porém, o erro permanece na coletânea lançada para o console.

A palavra “Penninsula” também esteve presente nas versões de Wii, 3Ds e Wii U.
Apesar da correção ortográfica, a frase ainda ficou sem sentido dentro do jogo, já que o velho sábio lhe fala que para encontrar um dos pedaços da Triforce, você deverá ir até o final do corredor, à direita da dungeon, não sendo sequer uma península.

Já a frase dita na versão japonesa do jogo, é completamente diferente, onde ele diz: “Você não pode usar flechas se ficar sem dinheiro“.

Fonte: Kotaku