Nintendo barra mais um projeto de Pokémon feito por fãs

Avatar

Fan-mades de jogos são uma forma singela de dizer a uma produtora ou empresa que você ama aquilo que ela produz, e se vê capaz de fazer algo pondo suas ideias em um mote original.
Porém, algumas empresas não enxergam a coisa dessa forma. E esse é o caso da Nintendo.

Com diversas franquias desde os primórdios dos videogames, e uma legião de fãs incondicionais, a Nintendo tem uma certa aversão a utilização de suas IPs em jogos feitos por fãs.
AM2R e Pokémon Uranium foram exemplos de belíssimos trabalhos feitos, que tiveram problemas judiciais pela utilização sem permissão da companhia.

Agora, a Nintendo conseguiu vetar mais um jogo baseado na franquia Pokémon.
Pokémon Prism teve seu primeiro trailer lançado em outubro deste ano, e estava bem próximo de seu “lançamento”. Porém, Adam Vierra, criador da versão hackeada, divulgou recentemente no site apenas um link contendo uma cópia em PDF da notificação judicial, e também um agradecimento à todos os fãs que lhe deram suporte ao longo do tempo de desenvolvimento.

Em seu Twitter, Vierra disse que “também é responsável por esta situação“, e disse também que “não deveria ter sido tão perfeccionista“.
Ele também disse que irá fazer “mais pesquisas sobre esta situação“, dando a entender que não abandonará o projeto.

Pokémon Prism teve um desenvolvimento de aproximadamente 8 anos. Resta-nos agora aguardar para ver se algum dia, essa HOMENAGEM verá a luz do dia.

Fonte: GameSpot