Garoto gasta o equivalente a R$7.000,00 por aplicativos de “Monster Island”

Avatar


Um menino britânico gastou cerca de £ 2.000 (equivalente a R$7.000) em aplicativos adicionais para o game da plataforma mobile “Monster Island”. A família só noticiou o ocorrido após o bloqueio do cartão de crédito e ao ser verificado a conta, viu que a quantia havia sido gasta no serviço de compra / download da Apple.

O garoto, chamado Will Smith, que passava horas jogando em seu iPad, realizou o “investimento” em moedas virtuais, para deixar seus personagens mais fortes e chegar mais rápido ao nível “Dark Monster”.

O dono da conta da App Store, Barry Smith, avô do garoto, soube do ocorrido quando sua esposa foi fazer compras no supermercado e a atendente do local a informou que seu cartão havia sido bloqueado. Felizmente Barry não teve de arcar com as “despesas extras” pois havia informado a Apple sobre o ocorrido, e nenhuma cobrança foi efetuada.
Já para Wiil, o preço saiu caro, e o menino está proibido de jogar “Monster Island”.