Documentos provam que “Control” e “Alan Wake” estão conectados

Avatar

Control é o último grande lançamento da Remedy, o mesmo estúdio que já trabalhou de forma exclusiva com a Microsoft e foi responsável pelo excelente “Alan Wake“.

Mas, enquanto a empresa não se manifesta sobre uma continuação direta das obscuras aventuras do escritor, ela se foca em expandir ainda mais o seu lore, pois recentemente, foi comprovado que Control e Alan Wake se passam no mesmo universo.

Alguns jogadores reportaram ter encontrados certos documentos e relatórios confidenciais que remetem aos incidentes ocorridos na pequena cidade de Bright Falls – local onde se passam os eventos de Alan Wake.

Segundo os relatórios, Alan teria criado uma espécie de Evento de Alteração do Mundo (Altered World Event, no original).

Embora as autoridades não tenham encontrado Wake para investigar mais sobre o caso, eles o classificaram como um “para-utilitário”.
No universo de Control, os “para-utilitários”, são indivíduos capazes de alterar o mundo ao seu redor, utilizando-se de poderes sobrenaturais vinculados a objetos de poder.

Neste caso, o interruptor que Alan carregava consigo, ou até mesmo a sua velha máquina de escrever, são objetos que podem ter desencadeado esse processo de alteração do mundo.

Os documentos também informam que Alice, esposa de Alan, estava presa no Limiar, durante essa manifestação. Esse “Limiar”, seria basicamente uma das salas do “Prédio Mais Antigo“, presente em Control.

O “Prédio Mais Antigo” é um edifício com várias salas e andares que levam aos mais distintos lugares e dimensões.
Alice teria ficado presa em uma dessas salas durante os eventos de Bright Falls.

Abaixo, você pode conferir os documentos encontrados no jogo (em inglês):

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fonte: DSoGaming