Death Stranding | mais detalhes do enredo são revelados

Restado apenas alguns meses até seu lançamento, Death Stranding permanece sendo um mistério tanto para os fãs do trabalho de Hideo Kojima, como para a mídia especializada: afinal, o que esse game tem de tão incrível e que ainda permanece oculto?

Prezando pelo mistério até o seu lançamento, alguns poucos detalhes foram revelados durante sua apresentação na Gamescom 2019, na Alemanha. Uma delas, é que teremos o apresentador e co-fundador do The Game Awards e amigo pessoal de Kojima, Geoff Keighley como um NPC durante nossa campanha.

Mas, para os participantes da Gamescom, os produtores disponibilizaram uma cutscene de aproximadamente 7 minutos, onde os personagens Die-Hardman (Tommie Earl Jenkins) e Amelie (Lindsay Wagner), explicam a Sam (Norman Reedus) qual é a sua missão principal.
Essa apresentação foi exibida à portas fechadas, sendo programada para ser revelada durante a Tokyo Game Show deste ano. Porém, o pessoal do RePorter Bridges – um pequeno canal italiano, dedicado a abordar as novidades que surgem sobre o jogo -, conseguiu registrar através de uma gravação via celular, toda a cutscene, revelando a principal tarefa de Sam nesse vasto mundo.

Na cena em questão, podemos ver Sam e Die-Hardman em uma conversa no que parece ser o quarto de uma grande casa. Die-Hardman diz a Sam:
Sam, me escute. América, o reconstrutivisto, o seu sonho não está morto. Esta é a face da nova esperança, a nova América.“. Nesse momento, a cena mostra, sob uma forte luz, a silhueta de Amelie.

Amelie diz a Sam que sua mãe faleceu (aquela senhora que vimos em outro trailer, acamada, na Casa Branca. Ela se chamada Bridget), mas “que seu corpo ainda está na praia e não consegue envelhecer”.
Aqui, fica claro que Sam e Amelie possuem uma relação de longa data. É revelado que desde que Sam fugiu, passaram-se 10 anos até esse reencontro.

Die-Hardman explica então que Amelie planejou uma viagem de reunificação da América e foi para a Costa Oeste, convencendo comunidade a se conectarem e que após três anos, conseguiram chegar até o Pacífico. Entretanto, ela acabou sendo capturada e presa pelos Homo Demons na cidade de Edge Knot, uma força de resistência à United Cities of America e do governo de sua mãe.

Tomado por um sentimento de desconfiança, Sam desconfia das palavras de Amelie e Die-Hardman. Ambos se justificam, dizendo que não querem controle sobre as pessoas, mas a sua unificação, em um período onde elas se distanciaram umas das outras.

Então, é revelado que nossa peregrinação será para o Oeste, com o objetivo de concluir o que Amelie começou.
Sam terá que encontrar os terminais de acesso online Chirale, e deverá utilizar seu Q-Pin (aquele colar com vários “pen-drives” que possuem equações matemáticas) para conectá-los.

Die-Hardman diz a Sam:
Leve o Q-Pin para o Oeste, Sam, e reconecte as pessoas de nossa grande nação. Quando chegar à cidade de Edge Knot, encontre Amelie e a traga para casa“.

Sam então parte em uma jornada para cumprir o desejo de Bridget, salvando Amelie e conectado as cidades da América, além de ter sua redenção, após ter virado as costas há 10 anos para tudo isso.

Death Stranding é um jogo exclusivo de Playstation 4 e será lançado em 8 de novembro.

Fonte: Eurogamer

Vinícius Vidal Rosa: Técnico em informática e estudante de jornalismo. Faz do seu tempo livre, uma maneira de levar informação e falar sobre o que gosta: Games e nerdices em geral.
Disqus Comments Loading...

Este site utiliza cookies de terceiros para recompilar informação estatística sobre sua navegação. Se continuar a navegar, consideramos que aceita o uso.