Governo Federal destina R$4,6 milhões para projeto de games que não existe

Jair Renan é o filho do presidente mais engajado com o público gamer. - Imagem: Reprodução.

Na última quinta-feira (9), o Governo Federal destinou R$4,6 milhões do Fundo Nacional de Cultura (FNC) para um projeto cultural voltado para os videogames, chamado de “Casinha Games“. O valor do repasse para o projeto é quase o valor total executado pelo Fundo no ano de 2020 (R$4,7 milhões).

 

Repasse de R$4,6 milhões foi feito para empresa inexistente. – Imagem: Divulgação

O responsável pelo repasse do valor é André Porciuncula, tido como “braço direito de Mário Frias” na Secretaria de Cultura e um dos apoiadores mais fiéis de Jair Bolsonaro. O PM baiano é Secretário de Fomento e Incentivo à Cultura e no passado, teve seu nome envolvido em uma polêmica, após ser indicado ao cargo e antes mesmo de assumir, ter sido exonerado. Naquele momento, o ex-ministro chefe da Casa Civil, Walter Braga Netto, reconduziu o policial ao cargo. A informação sobre o repasse é do site Farofafa.

Apesar do repasse milionário divulgado no Diário Oficial da União, feito pelo Governo Federal, a instituição chamada Casinha Games não consta em nenhum registro. Não há nenhuma empresa registrada com esse nome, nem qualquer programa com essa descrição, podendo ser uma rúbrica informal, mas que vai contra a transparência dos gastos públicos.

Jair Renan é o mais engajado dos filhos de Bolsonaro no mundo gamer

Jair Renan Bolsonaro, conhecido como “04”, é o filho do presidente mais engajado nas pautas sobre videogames, possuindo uma empresa no Estádio Mané Garrincha, em Brasília.
Renan já teve reuniões com ministros de Estado e está sendo investigado pela PF por tráfico de influência. Mesmo com a investigação, ele continua atuando nos bastidores da Secretaria de Cultura, junto de Mário Frias, outro grande apoiador de Bolsonaro.

Em julho deste ano, Jair Renan e a ex-esposa de Bolsonaro, Ana Cristina Valle, se mudaram para uma mansão avaliada em R$3,2 milhões em Brasília, localizada no bairro Lago Sul, um dos endereços mais caros da capital federal.

Mário Frias rebate acusações de que projeto não existe

O Secretário de Cultura Mário Frias, através de seu Twitter, disse que o projeto “Casinha Games” trata-se de “um projeto de capacitação técnica e profissionalizante de jovens de baixa renda para ingressar no mercado de trabalho”, com foco no mercado digital. Ele ainda disse que a inexistência do projeto é fake news, já que “o projeto está sendo criado por uma iniciativa pioneira da Secretaria Especial de Cultura”.

O portal The Enemy entrou em contato com a Secretaria Especial de Cultura e a Sefip, para saber mais sobre a natureza do projeto “Casinha Games”. Até o momento, não houve retorno do órgão para prestar os devidos esclarecimentos.

Fonte: Diário do Centro do Mundo

Vinícius Vidal Rosa: Técnico em informática e estudante de jornalismo. Faz do seu tempo livre, uma maneira de levar informação e falar sobre o que gosta: Games e nerdices em geral.
Disqus Comments Loading...

Este site utiliza cookies de terceiros para recompilar informação estatística sobre sua navegação. Se continuar a navegar, consideramos que aceita o uso.