E3 2018

E3 2018 – Confira tudo o que rolou na conferência da Eletronic Arts

Começando o final de semana de conferências, a EA acabou adotando uma postura bastante moderada e sem grandes revelações. Entretanto, é interessante ressaltar a mudança de postura da empresa com suas micro transações e lootboxes, depois das enormes polêmicas envolvendo esse tipo de prática.

Então, vamos aos destaques da conferência:

Battlefield V – Talvez o grande destaque tenha sido a confirmação do modo Battle Royale presente no novo título da DICE. Porém, os desenvolvedores prometeram algo jamais visto aos jogadores dentro deste modo. Será que Fortnite e PUBG estarão correndo risco quando Battlefield V Battle Royale chegar?

Além disso, um novo trailer focando nas “origens” da franquia foi demonstrado, mostrando toda a destruição de cenários e variedades de veículos e armas. Battlefield V chega dia 19 de Outubro para PC, Xbox One e Playstation 4.

Após isso, tivemos o trailer de anúncio de FIFA 19, que chega trazendo algumas novidades como Cristiano Ronaldo sendo o garoto propaganda do novo título. Mas talvez as duas grandes novidades aqui sejam a inclusão da Champions League (maior liga de futebol da Europa) – que antes era uma exclusividade de Pro Evolution Soccer – e hoje (9), já está disponível para quem quiser baixar, um update para os donos de FIFA 18 que adiciona o modo Copa do Mundo 2018.

Além disso, a nova versão trará a nova temporada de “The Journey”, mostrando os novos rumos da vida do jogador Alex Hunter – modo esse, que trouxe algo jamais visto na franquia, e acabou caindo no gosto de pessoas que até mesmo não se importavam tanto com jogos de futebol.

FIFA 19 chega em 28 de setembro para PC, PS4, Xbox One e Nintendo Switch.

Subindo ao palco, Andrew Wilson – CEO da Eletronic Arts – revelou dois novos serviços da companhia: um, está sendo desenvolvido pelo time de Israel e será focado no serviço de Cloud Gaming – uma espécie de streaming de jogos, onde você rodará o jogo através de servidores via internet (quase como acontece hoje com o Netflix). Além disso, o EA Access agora contará com o serviço Premier, que funciona de forma bem semelhante ao Game Pass da Microsoft, em que você pagará uma taxa mensal, e terá acesso à diversos títulos da empresa – incluindo os lançamentos mais recentes, como Madden 19, NBA 2K, Anthem e Battlefield V.

Em um momento bastante morno, Vince Zampella da Respawn revelou o título do novo jogo baseado em Star Wars em que a divisão está trabalhando. Chamado de “Jedi Fallen Order”, o jogo abordará eventos entre os Episódios III (A Vingança dos Sith) e IV (Uma Nova Esperança) – em que os Jedi acabaram sendo caçados. O lançamento do jogo está previsto para 2019, mas nem mesmo uma logo surgiu durante a conferência – estaria o desenvolvimento do jogo passando por alguns altos e baixos?

E contrariando os rumores que diziam que a EA abandonaria Star Wars Battlefront II, a empresa anunciou algumas novidades para o game. Entre elas, devido a grande polêmica envolvendo o sistema de lootboxes, todo o sistema de evolução dos personagens passou por uma reformulação, e novos conteúdos foram anunciados.

O primeiro deles, é que agora o jogo terá um modo se passando durante os eventos das Guerras Clônicas – um dos eventos mais importantes dentro da saga.
Além disso, o jogo também contará com novos personagens, como o droide General Greavous, Obi-Wan Kenobi, Conde Dooku, além do jovem Anakin Skywalker.

Um novo planeta também será adicionado ao game. Mostrado pela primeira vez em Episódio II – O Ataque dos Clones, agora partidas no planeta Geonosis poderão ser travadas entre os jogadores.

Esse momento Star Wars durante a conferência também foi uma espécie de “pedido de desculpas formal” da EA e da DICE, alegando que o lançamento do jogo saiu fora do planejado e que as políticas de micro transações adotados por ela também acabaram refletindo em um período ruim para o jogo e para a comunidade.

Após esse extenso momento Star Wars, foi a vez de Unravel 2 surgir no palco. O jogo já havia sido vazado no Twitter pelo usuário Wario64, mas dessa vez pôde-se ver mais do jogo – que por sinal, continua com um visual lindíssimo.
Desta vez, o jogo terá um foco no modo cooperativo, onde o segundo jogador poderá assumir uma espécie de “alma” do nosso pequeno boneco de lã.

E assim como em seu primeiro anúncio, o criador do jogo, Martin Sahlin, parecia novamente bastante nervoso com a apresentação de seu novo projeto. Você pode conferir o gameplay que rolou ao vivo, abaixo:

Unravel 2 já está disponível para compra em todas as plataformas. No Xbox One, o jogo já pode ser comprado por R$69. No Playstation 4, ele está saindo por R$61,50 e no PC, por R$79.

E, integrando mais um título indie do projeto EA Originals, Sea of Solitude também trouxe uma ideia bastante interessante, e a apresentadora e uma das desenvolvedoras do projeto, Cornellia Geppert, bastante nervosa. No game, controlamos a jovem Kay – uma menina que aos poucos vai assumindo uma forma monstruosa -, que decide partir em uma jornada para reaver sua humanidade em um mundo onde todos os outros habitantes parecem ter sucumbido a essa transformação.

O game tem lançamento previsto para o início de 2019.

NBA Live 19 acabou tendo um pequeno trailer revelado, mas nenhuma grande abordagem do game foi feita.

Madden também teve seu momento durante a conferência – apresentando o novo título, Madden NFL 19 – que pela primeira vez em 11 anos, será lançado também para PC. O game será lançado em 10 de agosto para Xbox One, Playstation 4 e PC. Para quem quiser ter acesso antecipado ao jogo, adquirindo a versão Hall of Fame, o jogo estará liberado dia 7 de agosto.

E, surpreendendo à todos, a franquia Command and Conquer retorna com Rivals, título que já está disponível em pre-alpha para os usuários de Android. Mantendo o mesmo sistema de Real Time Shooter, o objetivo do jogo é destruir a base do seu adversário.
Ainda não há uma data de lançamento oficial confirmada.

Uma demonstração foi feita ao vivo, com direito até a narração profissional de Nathanias e Michael Martinez, e após isso um trailer em CGI foi mostrado, revelando que o game em questão é pertencente a série Command and Conquer.

Partida:

Trailer:

E, quase encerrando a programação da EA, Andrew Wilson retorna ao palco para falar um pouco sobre o programa “Play to Give”, onde parte do retorno orçamentário da EA ajuda instituições de caridade. Atualmente, a empresa ajuda três grandes instituições ligadas ao combate ao preconceito e ao bullying, o que mostra que a Eletronic Arts parece estar em uma maré de mudanças em suas posturas.
E encerrando a conferência, Anthem teve o grande destaque da conferência, mostrando primeiramente um trailer embalado por Uprising, da banda britânica Muse.

Casey Hudson (Gerente-Geral do projeto), Mark Darrah (Produtor Executivo) e Cathleen Rootsaert (roteirista) subiram ao palco para contar um pouco sobre o desenvolvimento do jogo, além de poder contar um pouco mais sobre o enredo do jogo.

Em Anthem, poderemos jogar com quatro tipos de “Javelins”, as armaduras vistas no primeiro trailer em 2017. São elas:

  • Ranger
  • Storm
  • Interceptor
  • Colossus

Cada uma delas possui um modo de jogo distinto, se adequando ao tipo de gameplay que o jogador procura. Enquanto algumas focam na parte ofensiva, outras apostam em habilidades mais rápidas e evasivas.
O mais interessante, é que diferente de Destiny (talvez seu principal concorrente), onde o jogador cria um personagem em uma determinada classe e a evolui ao máximo, em Anthem você poderá alternar entre as armaduras a qualquer momento antes de uma missão, criando novas estratégias e vendo quais delas se adequam melhor ao seu tipo de jogo.

Respondendo a algumas perguntas via Twitter, foi revelado que Anthem não contará com qualquer tipo de microtransação ou lootboxes, o que deixou muitos fãs felizes e animados com o jogo.

Além disso, o jogo já possui data de lançamento confirmada: 22 de fevereiro de 2019. Anthem será lançado para PC, Playstation 4 e Xbox One.

Entre altos e baixo, a EA mostrou uma conferência bem consistente e moderada. Sem grandes anúncios ou títulos que já não eram aguardados pelo público. Mas, os pontos ganhos da empresa não foram em seus anúncios, mas em suas mudanças de postura.

Vinícius Vidal Rosa

Ex-técnico em informática, jornalista formado e apaixonado por games e tecnologia. Faz do seu tempo livre, uma maneira de levar informação e falar sobre o que gosta.

Disqus Comments Loading...
Compartilhe
Publicado por
Vinícius Vidal Rosa

Posts recentes:

House of the Dragon: as diversas emoções da segunda temporada

O prelúdio da série mais icônica e aclamada pela crítica, Game of Thrones, House of…

2 semanas atrás

Feito em Cuba por duas pessoas, Saviorless chega no PC, PS5 e Nintendo Switch

A editora francesa Dear Villagers e o pioneiro estúdio indie cubano Empty Head Games têm…

4 meses atrás

Inscrições para gamescom latam 2024 acontecem até dia 5 de maio; saiba como participar

A gamescom, maior evento de games do mundo, está chegando na América Latina com a…

4 meses atrás

Game Station promove ação especial para o Dia Mundial de Conscientização do Autismo

O Game Station, empresa pioneira no ramo de parques de diversão indoor com cerca de…

4 meses atrás

NARUTO X BORUTO Ultimate Ninja STORM CONNECTIONS receberá segundo DLC

A Bandai Namco anunciou hoje (27) o Pacote de DLC 2 de NARUTO X BORUTO…

4 meses atrás

Fallout 76: Atlantic City – America’s Playground já disponível em todas as plataformas

Nesta semana, Fallout 76 recebeu Atlantic City – America's Playground. Esta atualização gratuita já está…

4 meses atrás

Este site utiliza cookies de terceiros para recompilar informação estatística sobre sua navegação. Se continuar a navegar, consideramos que aceita o uso.