[E3 2015] Veja o que rolou na conferência da Microsoft

Avatar

Se ontem a conferência da Bethesda já criou uma enorme expectativa da E3, a conferência realizada hoje pela Microsoft foi de fato à confirmação de que sim, a indústria parece ter se renovado quando o assunto é surpreender e agradar seus fiéis seguidores.

halo5guardians

Não só com a excelente demonstração de suas principais franquias, mas a Microsoft cravou a bandeira do termo CONCEITO na feira. Isso por que, como em todas as apresentações anteriores, o hype criado pela galera de Phil Spencer trouxe novidades que fazem com que você queira investir seu dinheiro em um equipamento da companhia.

De cara, a conferência já se iniciou mostrando que Halo 5: Guardians, ainda traz viva a alma e essência dos games anteriores da franquia, em belíssimos gráficos, com uma jogabilidade fluída e muito bem polida. Além disso, a ação parece ser mais tática, forçando o jogador a aquietar seu espírito de John Rambo. Com lançamento confirmado para 27/10, Guardians ainda traz um novo cenário no que diz respeito ao multiplayer.

E claro, a apresentação seguiu com uma bomba atrás da outra. Franquias novas, e franquias já conhecidas do grande público deram as caras. Entre as novatas estão:

recore

  • Recore: um game desenvolvido por Keiji Inafune (pai de Megaman) em conjunto com o time de desenvolvimento de Metroid Prime, que será lançado em 2016.

Gigantic-XB1-Windows-10

  • Gigatic: um game free-to-play, que também terá uma versão para PC com compatibilidade ao Windows 10, que estará com seu beta aberto em agosto.

E também nos foi apresentado uma grande gama de games Indie – como Beyond Eyes, onde o jogador assume uma personagem cega, e desbrava o mundo ao seu redor, sem saber o que esperar; o já conhecido Cuphead, que apareceu o ano passado na E3, e que até hoje é aguardado ansiosamente devido a nostalgia gráfica, que lembra antigos desenhos animados da década de 30/40; ION, um game focado em uma aventura espacial, desenvolvida pela mesma equipe de DayZ.

E claro, os grandes anúncios também ofuscaram o público presente na conferência: Onde mais alguns detalhes de Fallout 4 puderam ser explorados, entre eles, o de que os mods que desenvolvedores independentes criarem, poderão ser compartilhados tanto para a plataforma do Xbox One, como o do PC – havendo uma integração total com ambas as plataformas.

dark souls

Ainda nas third-parties, tivemos o teaser de “Dark Souls III”, que não só empolgou, como confirmou os boatos que rondavam os principais sites de notícia especializada, em que uma série de (até então) supostas imagens vazaram. Com certeza, o hype já está feito, e resta agora esperar por mais detalhes.

Forza Motorsport 6 também não poderia faltar, e para o anúncio, nada mais justo do que expor o “garoto propaganda” do game, um Ford GT Sport, com direito à participação de ninguém menos do que Henry Ford III.

E claro, um dos games mais aguardados da conferência: Rise of the Tomb Raider, onde a Microsoft fez questão de demonstrar um pequeno pedaço do game, onde Lara enfrenta uma enorme avalanche. Realmente empolgante.

Mas é claro que, apesar de todos os anúncios, algumas coisas apresentadas em conferências anteriores ainda assolavam a mente dos expectadores: E o HoloLens?! Será que veremos alguma coisa à respeito?! E a resposta foi uma apresentação que definitivamente, escreveu o termo CONCEITO.
Em uma apresentação usando um dos games mais populares da atualidade – Minecraft – , a Microsoft não só impressionou, como também fez com que muitos utilizassem o termo mágica. Em uma mesa, com um simples comando de voz, o mapa se construiu diante de nossos olhos em um holograma completamente interativo.

 

E não somente com isso em um cartucho completamente carregado, o disparo certeiro de Phil Spencer foi anunciando que o Xbox One será retrocompatível com jogos da plataforma anterior. Tudo isso, realizado através de atualizações no firmware do aparelho, que irão deixar com que novos e antigos usuários da Microsoft, possam utilizar seus games sem o menor problema, no sistema atual.

Com isso, restou apenas a companhia encerrar sua conferência com a apresentação de Gears of War 4, onde podemos observar um pouco do gameplay e dos personagens que irão estar na trama.

Enfim, com isso, é notável que a Microsoft veio apenas consolidar o que já esperávamos, e surpreender onde queríamos. Agora, a concorrência que se cuide, pois mesmo com o breu do escuro, o tiro da Microsoft, foi certeiro.